Aqueles que nos tornam particulares!

Número total de visualizações de página

08/02/2010

O meu amigo.

Gostei tanto do "escrito" da "minha" Aninhas, que não posso deixar de passar aqui uma nota sobre o meu melhor confidente - o silêncio! Adoro-o, sobretudo quando as minhas palavras não encontram reciprocidade no olhar do meu interlocutor. Claro que o problema sou eu, não me iludo. Sou esquisita e demasiado sensível para deixar sair palavras soltas, desprovidas de cortesia! Outras vezes sou tão carroceira que até o meu amigo silêncio me reclama fidelidade!
Só em silêncio podemos ouvir esta música. Quando a ouço partilho-a com o meu amigo, voo até onde quero, sinto-me mais perto dos que pude tocar e amar. Sinto a saudade redobrar a sua força, até doer. Sinto o silêncio, sinto a falta de quem não está.

1 comentário:

  1. Começo a entender agora a força do silêncio. Fazer dele nosso aliado é uma tarefa complexa... Oxalá! Beijo, Amiga!

    ResponderEliminar

Seguidores