Aqueles que nos tornam particulares!

Número total de visualizações de página

08/05/2011

Seis décadas se manifestam neste braço,
onde se vislumbra uma tatuagem.
“Fuzileiros especiais” e…
o cabalmente célebre: “amor mãe”…

Pode faltar a preposição,
porém a carga emotiva não se apaga:
amor “de” mãe ou…amor “à” mãe,
tanto faz, pois vive lá e perece
esta marca que não a esquece!

Porquê uma marca inextinguível?!

Dois cargos se opõem e contrastam,
no entanto, ambos se unem pela vontade suprema de dar rumo a uma vida, usando os braços que a trabalham.

Ora...e os braços não abraçam?!

Seguidores