Aqueles que nos tornam particulares!

Número total de visualizações de página

31/08/2011

Escrita pendente

A escrita está pendente,
receia a força da esfera a debitar as palavras no papel.

As teclas silenciam-se,
temem a rapidez do impulso da emoção.

Quero escrever, sem destino ou destinatário.
Nada salta, nem da esfera, nem das teclas. Apenas isto. Um breve trecho de notas soltas, tecladas sem sentido, sem rumo, sem destino ou destinatário!

Seguidores